Agência de Promoção Comercial da República Tcheca
Ministério da Indústria e Comércio
da República Tcheca
Home  > Economia e comércio  > Relações de comércio R. Tcheca - Brasil

Relações de comércio R. Tcheca - Brasil

Ilustrační obrázek

Brasil é o maior parceiro de comércio da República Tcheca na América Latina.

As relações entre os nossos países têm uma longa tradição. O Brasil como o primeiro país da América Latina reconheceu o Estado tchecoslovaco após a queda do império Habsburgo no final da Primeira Guerra Mundial. A Embaixada da Tchecoslováquia em Brasília foi uma das primeiras que surgiram depois da criação da nova capital.

Depois a divisão da Tchecoslováquia em janeiro de 1993, foram estabelecidas as relações com a República Tcheca. Hoje em dia, Brasil é um dos países da maior prioridade do comércio exterior da R. Tcheca o fato de que foi confirmado também durante a visita oficial do presidente tcheco Václav Klaus no Brasil em novembro 2009. A delegação do presidente Klaus composta de mais de 20 representantes das maiores empresas da R. Tcheca visitou além da capital brasileira também a zona franca do Manaus, Sao Paulo e Recife.

As relações comerciais da antiga Tchecoslováquia com o Brasil têm uma rica história. Começaram logo após a desintegração do império Austro-Húngaro e a formação da República no ano de 1918. Algumas marcas como Škoda, ČKD, Jawa, Zetor, TOS, etc. tiveram uma ótima repercussão no mercado brasileiro já desde período entre as duas guerras mundiais tendo apoiado de maneira considerável a imposição de nossos produtos no mercado local nos anos posteriores.

A longo prazo, o Brasil é o parceiro mais importante da República Tcheca, assim como já era para a Tchecoslováquia na região da América Latina. O seu extenso mercado sempre representava um destino importante de produtos tchecos, sobretudo os de maquinaria, incluindo conjuntos de investimento. Atualmente no Brasil há 9 grandes usinas geradoras de energia elétrica e mais de 15 fábricas de cimento equipadas com tecnologias de proveniência tcheca. Por outro lado, o Brasil antigamente foi um importante fornecedor de matérias-primas, alimentos e forragens de boa qualidade.

Após as mudanças estruturais em ambos os países no início dos anos 90 do século passado, começou a partir do ano de 1994, um processo expressamente favorável no que se refere ao mútuo intercâmbio comercial. Nestes anos, o Brasil ocupou de novo a posição privilegiada no comércio tcheco com a América Latina, tendo sido responsável por aproximadamente um terço do intercâmbio comercial no âmbito de todo o subcontinente. A importância do Brasil como parceiro comercial continua crescendo também graças à sua posição dominante no Mercosul.

Até o ano de 2004 um grande problema foi o déficit elevado da balança comercial do ponto de vista da República Tcheca. Mas no ano de 2005 aconteceu uma mudança radical, ficando a balança final quase equilibrada. As exportações tchecas em 2005 atingiram o montante de 188 milhões de dólares e as importações atingiram o montante de 199 milhões de dólares. Conforme a estatística final brasileira em 2005 mercadorias de proveniência tcheca foram importadas no valor de 215.8 milhões de dólares, o que representa um crescimento de mais de 150% em relação a 2004.

Os itens principais das exportações tchecas foram, durante mais de 30 anos, equipamentos para as fábricas de cimento, centrais térmicas e usinas hidrelétricas, máquinas gráficas, têxteis e para o tratamento de couro, técnica sanitária, rolamentos e peças para bicicletas. Em 2005, aos itens mais importantes pertenceram motores de combustão e de pistão (39,8%), trilhos (7,9%), partes componentes e peças sobressalentes para veículos a motor (5,5%) e partes componentes para os motores de pistão de ignição por faísca ou por compressão (4,4%).

Nas importações do Brasil no passado dominaram matérias-primas como minérios de ferro e de manganês, também soja triturada e café bruto. No ano de 2005, assim como no ano anterior, os itens mais importantes de importação foram representados por carne e miúdos de frango (12,7%) e aviões (11,7%). As importações de forragens baseadas em soja (5,6%), extratos, essências, concentrados de café, chá, chá-mate e substituições de café (5%) e tabaco (5%) também foram importados.

Depois do ano 2005 a intensidade da troca comercial aumentava com muita dinamica, até que em 2008 o volume total somou quase USD 0,7 bil. Em 2009 houve uma queda causada pela crise global, porém, para o ano 2010 os analistas esperam um aumento recorde, quando só as exportações da R. Tcheca deve atingir mais de USD 0,5 bil.

 

As empresas da R. Tcheca tem longa tradição e possuem a mais alta qualidade sobretudo nos seguintes setores:

  • Realização de projetos energéticos e ecológicos – conjuntos de investimento equipados com a tecnologia de ponta como fábricas de cimento, centrais térmicas e usinas hidroelétricas, e também fornecimentos de diesel-geradores, compressores, dragas de sucção, estações de bombeamento, instalações de depuração e tratamento de águas, liquidação de resíduos comunais e tóxicos etc.
  • Infraestrutura e meios de transporte: trilhos, sistemas de comunicação e segurança, desenvolvimento e fabricação de meios de transporte, desde caminhões de marca reconhecida TATRA até leves veículos sobre trilhos, trens elétricos e diesel e locomotivas, trens de metrô - SKODA TRANSPORTATION.
  • Aeronáutica - desenvolvimento de aeronaves para treinamento e para transporte de passageiros - LET Aicraft Industries e AERO VODOCHODY.
  • Maquinaria - fabricação de maquinas para indústrias metalmecânicas - por exemplo as marcas como ZDAS, TOS VARNSDORF, TOS KURIM, SKODA MACHINE TOOL e varias outras.
  • Processamento de aço e fabricação de vários tipos de peças pesadas e construções de aço.

 

Abaixo apresentamos as estatísticas da troca comercial entre os dois países:

Troca comercial CZ - BR 2004 - 2009 (estatísticas tchecas)
Ano (USD milhões)  2004  2005  2006  2007  2008 2009
Exp CZ 93.763 187.975 180.762 225.694 314.631 278.353
Imp CZ 186.338 200.059 183.907 293.881 377.044 267.112
Volume 280.101 388.034 364.669 519.575 691.675 545.465
Saldo CZ - 92.575 - 12.084 - 3.145 - 68.187 - 62.413 11.241

Fonte: Secretaria de Estatística da R. Tcheca

 

Troca comercial CZ - BR 2004 - 2009 (estatísticas brasileiras)
Ano (USD milhões)  2004  2005  2006 2007 2008 2009
Exp CZ 110.086 215.820 237.486 274.655 378.370 330.600
Imp CZ 80.234 57.397 48.965 60.388 67.276 43.204
Volume 190.320 273.217 286.451 335.043 445.646 373.804
Saldo CZ 29.851 158.422 188.520 214.266 311.093 287.396

Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Brasil

Arquivo

Notícias

25/04/2017
A empresa tcheca Advanced Medical Solutions virá a feira HOSPITALAR 2017 apresentar seus produtos. Visite-nos no estande 140, entre os dias 16 a 19 de maio, das 11-20h, no Expo Center Norte, São Paulo.
25/04/2017
A empresa tcheca ARIES virá a feira HOSPITALAR 2017 apresentar seus produtos. Visite-nos no estande 140, entre os dias 16 a 19 de maio, das 11-20h, no Expo Center Norte, São Paulo.