A empresa ERA firmou novo contrato no Curdistão

Publicados: 15/03/2018 Países relacionados:  Brasil Brasil

A empresa ERA firmou o contrato para instalação do sistema WAM (técnicas para multiláteracão numa área ampla) para cobrir espaço de pouso de aeroporto no Curdistão. O sistema vai monitorar todos os vôos que estejam mais próximos ao solo, aterrisando até distância de 50 milhas náuticas do aeroporto.

A empresa ERA firmou o contrato para instalação do sistema WAM (técnicas para multiláteracão numa área ampla) para cobrir espaço de pouso de aeroporto no Curdistão. O sistema vai monitorar todos os vôos que estejam mais próximos ao solo, aterrisando até distância de 50 milhas náuticas do aeroporto. Conforme o concurso, a ERA vai instalar 8 estações para seus MSS multilaterais com ADS-B integrado em montanhas circundantes. Devido ao fato de que o aeroporto se encontra em um vale, não é possível utilizar o radar clássico. A outra característica importante é que o sistema é durável e estável em temperaturas extremas (-10°C até 50°C positivos). O sistema do ERIS para o controle de tráfego vai ser utilizado até mesmo no aeroporto. A instalação do equipamento será realizada até o fim do ano 2018. A inauguração é prevista para o início do ano 2019.  

A ERA fabrica vários mecanismos do sistema da vigilância passiva que são utilizados para fins militares e civis. Nos últimos 2 anos a empresa realizou mais que 100 instalações em 60 países do mundo. Os sistemas da ERA vão operar no aeroporto de Pequim, que se tornará o maior aeroporto no mundo. 

Fontes: http://www.era.cz/ , CIA news, https://zpravy.e15.cz

Elaborado por Czech Trade, São Paulo.