Tchecos já comem uma tonelada de insetos por mês

Publicados: 10/05/2021 Países relacionados:  Brasil Brasil

StartUp tcheca WormUP, especializada na criação de insetos comestíveis, foca na produção da comida do futuro.

Libor Sloupenský e sua esposa Eva, fundadores da empresa, contam a história do Libor e os primeiros passos do projeto. „Eu sempre fui fascinado por insetos,“ disse Libor „e tentava criar formigas em um terrario ou pegar gafanhotos no campo. No começo do projeto procuramos um inseto comum na Tchéquia que pudesse ser criado no nosso negócio. Encotramos as larvas de Tenebrio molitor, que os criadores usam para alimentar bichos de estimação, como répteis ou papagaios.“

Estabelecida em 2019, a empresa buscava clientes nas feiras gastronómicas, mostrando o produto e oferecendo degustação. „Os melhores clientes eram crianças. Elas ainda não têm preconceitos e quando eu comia na barraca elas provavam também. Como os insetos serão a comida do futuro, já ganhamos os nossos novos clientes.“

Por enquanto esse tipo da comida é bem nova. Sloupenský e a sua esposa ainda buscam o melhor modelo comercial para crescer. „Dividimos a população em três grupos: primeiro terço preferiria morrer do que comer o inseto, segundo terço talvez comeria, mas só quando esse tipo de comida for mais comum, e parte do último terço já está pedindo nossos produtos. Temos que conquistar os demais com nosso marketing,“ contam Libor e Eva.

Fontes: https://www.euro.cz/,  https://www.wormup.com/